Conecte-se conosco

Polícia

Sete anos após estuprar duas filhas, molestar sobrinha e filho, ‘Monstro de Santa Fé’ é preso

Publicado

em

“Monstro de Santa Fé” foi preso ontem

Antônio Luiz de Melo, conhecido como “Monstro de Santa Fé”, foi preso, ontem (3), às 10 horas da manhã, na Vila Santa Fé, às margens da Estrada do Rio Preto, zona rural, distante 60 km, da sede do Município de Marabá, acusado da prática do crime de estupro de vulnerável. A prisão do indivíduo foi efetuada pela 21ª Seccional de Polícia Civil, coordenada pela Superintendência Regional do Sudeste do Pará, no âmbito da “Operação Araneo”.

Em 2012, o “Monstro de Santa Fé” foi acusado de abusar sexualmente de duas filhas menores, desde quando elas ainda eram adolescentes, com 13 e 14 anos de idade, e engravidar uma delas.  Antônio tentou molestar uma sobrinha, menor de idade. Ele ainda é acusado de abusar sexualmente de um filho, de apenas 5 anos.

 O drama familiar aconteceu na Vila Santa Fé, no Projeto de Assentamento (PA), Jatobá-2, zona rural de Marabá, e chegou à Polícia Civil através de uma denúncia anônima. Fora do flagrante, o maníaco sexual colocou a culpa na ‘mardita’ da cachaça, prestou depoimento e ficou solto.

O suspeito é acusado de cometer vários outros crimes. Temido na região, Antônio Melo ficou conhecido como o “Monstro de Santa Fé”, devido a forma como estuprou as vítimas. A Polícia Civil cumpriu o mandado de Prisão Preventiva, expedido pela Comarca de Marabá.

Ele ficou custodiado, permanecendo preso, à disposição do Poder Judiciário. Ele deverá passar longos anos atrás das grades, pois vai responder por um rosário de crimes praticado contra a própria família.

Debate Carajás

Publicidades

Mais Lidas