Conecte-se conosco

Polícia

Homem estupra, mata e esconde corpo de menina de dez anos embaixo da própria cama, diz polícia

Publicado

em

Homem foi preso em Fonte Boa, no interior do Amazonas — Foto: Divulgação

Uma criança de 10 anos foi morta depois de ter sido abusada sexualmente por um homem de 28 anos na cidade de Fonte de Boa, interior do Amazonas.

O caso ocorreu na quinta-feira (16). O corpo da menina foi localizado embaixo da cama do suspeito pela companheira dele. A Polícia Civil informou que o homem foi preso por estupro seguido de morte e ocultação de cadáver.

De acordo com as investigações, o crime ocorreu casa do suspeito. O investigador Mário Alves, gestor da 55ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) informou que a menina costumava ir à casa do homem ajudar a fazer bolos e biscoitos com a companheira dele, para venderem na cidade.

No dia do crime, a vítima estava com o suspeito na residência e, conforme a polícia, ele teria oferecido R$ 40 à criança em troca de relação sexual. A vítima tentou fugir, mas foi violentada.

Segundo Alves, após o ato, o suspeito aplicou um golpe chamado “Mata-leão” na criança. Em seguida, ele asfixiou a menina utilizando uma corda. Ela morreu no local.

Ainda de acordo com a polícia, o infrator deixou o corpo da vítima embaixo da cama. Cerca de quatro horas depois, a companheira do homem entrou no quarto e encontrou o corpo.

“A mulher sofreu ameaças do companheiro, porém contou para os familiares da menina, que acionaram a Polícia Militar. Na ocasião, o infrator empreendeu fuga, e por volta das 21h30, ele foi encontrado pelos policiais militares em um lugar de mata, naquela cidade”, informou a Polícia Civil.

O homem foi levado para a unidade policial. Durante procedimentos à polícia, foi verificado que existe um mandado de prisão, em aberto em nome do infrator, expedido no dia 22 de agosto de 2019, também por estupro ocorrido em 2017.

O homem está custodiado na carceragem da delegacia e deve ser transferido para a capital, onde irá ficar à disposição da Justiça.

G1 AM

 

Publicidades

Mais Lidas