Conecte-se conosco

Polícia

Inhumas – Polícia Civil soluciona homicídio qualificado pela emboscada ocorrido em outubro de 2019 no Setor Alegrino Lelis com a prisão de investigados

Publicado

em

Foto: Polícia Civil de Goiás

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Inhumas, cumpriu na última sexta-feira (06-12-2019) o mandado de prisão de J.D.P. e P.H.D., pelo crime de homicídio qualificado pela emboscada (art. 121, § 2º, inciso IV do Código Penal), tendo como vítima Ricardo Silvestre da Silva.

No dia 14 de outubro de 2019 o corpo da vítima foi encontrado no Setor Cedro na cidade Inhumas, aparentemente morto a tiros (fato confirmado posteriormente pelo laudo e exame cadavérico).

Logo após o encontro do cadáver da vítima, os investigadores da Delegacia de Inhumas iniciaram diligências investigatórias com o escopo de apurar a autoria e todas as demais circunstâncias do crime.

Assim, restou apurado nas investigações que a vítima Ricardo teve um relacionamento amoroso com a autora J.D.P., por aproximadamente três meses, e até chegaram a coabitar, contudo, durante esse relacionamento, Ricardo teria agredido e ameaçado a autora J.D.P., sendo que uma dessas agressões foi testemunhada pelo filho da autora, o investigado P.H.D., que também passou a ser ameaçado por Ricardo.

Ricardo Silvestre da Silva, vítima de emboscada 

Por não aceitar o fim do relacionamento a vítima continuou a ameaçar os autores do homicídio, que resolveram ceifar sua vida no dia 13-10-2019. Nesta data, a investigada J.D.P. teria atraído Ricardo até o Setor Alegrino Lelis, onde residia até então, marcando um encontro ele.

Depois de marcar o encontro, a investigada J.D.P. se dirigiu até a igreja que costumava frequentar com o intuito de forjar um álibi. Assim, a vítima se dirigiu até o local marcado onde se deparou com o investigado P.H.D. por quem foi abordado e morto a tiros, na rua 09, Setor Cedro, algumas quadras acima da casa da autora.

Após atirar na vítima o autor arrastou seu corpo até um lote baldio ao lado e posteriormente levou a motocicleta da vítima até as margens da rodovia GO-070, abandonando o veículo no local, tudo para tentar perturbar, sem êxito, o trabalho de investigação da Polícia Civil.

Após desvendar a autoria do delito, houve representação da Polícia Civil ao Poder Judiciário pela prisão dos investigados, a medida foi deferida, e os mandados de prisão foram cumpridos no dia 06 de dezembro de 2019.

Os autores foram recolhidos na unidade prisional de Goianápolis, onde estão à disposição do Poder Judiciário.

Entenda o caso: https://www.portaldaepoca.com.br/2019/10/homem-e-encontrado-morto-a-tiros-em-pasto-no-setor-atlantico-em-inhumas/

 

--Publicidade--
--Publicidade--

Publicidades

--Publicidade--
--Publicidade--
--Publicidade--
--Publicidade--

Mais Lidas