Conecte-se conosco

Anápolis

Homem que matou vítima por R$ 10 em dívida de drogas é preso em Trindade; o crime ocorreu em Anápolis

Avatar

Publicado

em

A equipe do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Anápolis, com o apoio dos policiais civis da 1ª DDP de Trindade, deu cumprimento a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Abilio L. Oliveira Neto, 31 anos. Ele foi preso na manhã desta terça-feira (3).

Abilio é apontado como autor do homicídio qualificado praticado em desfavor de Joceli Raimundo de Oliveira, 33 anos, vulgo “Miguelão”, ocorrido no dia 19 de agosto de 2011 no Jardim Santa Cecília, Anápolis.

Conforme apurado, Joceli caminhava pela rua e foi surpreendido por Abilio, que lhe atingiu com um tiro nas costas. Joceli era usuário de drogas e, segundo depoimento prestado por seu irmão, devia a quantia de R$ 10,00 (dez reais) a Abilio, que realizava o comércio de entorpecentes nas redondezas.

Abilio deixou a cidade de Anápolis após a prática do crime e se esquivou da lei por 8 anos residindo em diversas cidades, dentre elas Goiânia e Abadia de Goiás. Após trabalho investigativo do GIH, Abilio foi localizado e capturado na manhã de hoje, em Trindade.

Em seu termo de interrogatório, Abilio confessou a prática do crime, mas não se pronunciou a respeito da motivação. Ele, que já possui antecedentes criminais por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo, já se encontra no presídio local, à disposição da Justiça.

Anápolis

Confusão por causa de égua em Anápolis, quase terminou em tragédia familiar; Briga teve pistola, facão e até idoso sendo enforcado pelo neto

Avatar

Publicado

em

Um caso curioso foi registrado na noite deste domingo (15) em Anápolis. É que um jovem, um homem e um idoso tiveram de ser levados para a Central de Flagrantes após provocarem uma grande confusão no bairro Gran Ville, região Leste da cidade.

Segundo relato da PM, registrado em Boletim de Ocorrência, um rapaz de 27 anos, identificado apenas como M. J. C. G., foi até a casa de parentes para tirar satisfações sobre uma égua dele que estaria sendo mantida no pasto do avô, D. A. R., de 71 anos.

A situação se tornou uma briga, ele estava armado com um facão e enforcava o avô, quando o tio, F. J. N. R., de 39 anos, apareceu e entrou no meio para defender o idoso.

Neste momento, M. J. C. G. alega ter sido ameaçado de morte com uma arma tipo pistola e fugiu do local às pressas.

Uma viatura foi acionada logo em seguida pelo próprio tio do jovem, que explicou tudo o que havia acontecido e entregou a pistola aos policiais. O homem possuía registro da arma, mas não tinha o porte para manuseá-la fora de casa.
Em um patrulhamento, os agentes encontraram M. J. C. G. na casa dele, no Parque Brasília, e o rapaz confessou ter brigado com o avô e o tio, mas reafirmou que foi agredido e ameaçado. Na residência, o facão usado por ele durante o desentendimento também foi apreendido.
Para evitar que uma nova confusão acontecesse, todos tiveram de ser levados até a delegacia e acabaram se mostrando interessados em representar criminalmente um contra com o outro.

O caso agora deverá ser investigado pelo 6º Distrito Policial de Anápolis.

 

Continue lendo

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

Publicidades

Posts recentes

Destaques