Conecte-se conosco

Notícias policiais

Filha admite ter abandonado mãe cadeirante em calçada com participação do namorado, em Nova Veneza; diz PM

Avatar

Publicado

em

Após denúncia na sede do 2º pelotão localizado na cidade de Nova Veneza, que uma senhora debilitada e desorientada encontrava-se caída na porta de uma residência da cidade, a Vtr 11193 compareceu até o endereço indicado e localizou a mesma.

Sem conseguir se identificar e sem documentos pessoais, a equipe primeiramente conduziu a mesma até o hospital municipal e acionou os funcionários do Creas.

Dando continuidade a ocorrência, a equipe permaneceu em diligência, até que a filha da vítima compareceu ao CREAS acompanhada do senhor G.M.C.F portando toda documentação da vítima .

Após levantamentos de filmagens, a equipe descobriu que a vítima era de Brazabrantes e que havia sido abandonada na cidade.

Equipe também conseguiu identificar o carro usado no crime. Sendo que o veículo estava em posse da filha da vítima. Após breve entrevista, à filha revelou a autoria do crime com participação do namorado.

As partes foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil da cidade de Inhumas para que sejam tomadas as devidas providências.

_Vtr 11193_
*Ten Ivan*
*Sgt Maquilane*
*Sd Plinio*

--Publicidade--

Inhumas

Inhumas – Polícia Civil efetua prisão em flagrante de investigada pelo crime de cárcere privado; vítima fazia necessidades fisiológicas em balde

Avatar

Publicado

em

Nesta quinta-feira (19), a Polícia Civil de Goiás, por meio da Delegacia de Inhumas, efetuou a prisão em flagrante de C.M.A. pelo crime de cárcere privado qualificado (art. 148, § 2º do Código Penal). A autuada mantinha a vítima T.M.N. em cárcere privado em sua própria residência.

As investigações se iniciaram a partir de delação inqualificada encaminhada a Delegacia da Polícia Civil de Inhumas pelos Direitos Humanos, onde se noticiava que a vítima era mantida em encarcerada durante o dia, sem alimentação e cuidados adequados, já que tem deficiência física e mental.

Imediatamente os investigadores iniciaram diligências com o objetivo de apurar a veracidade da delação anônima. Contudo, nas diversas vezes que estiveram no local não obtiveram êxito, já que a residência sempre se encontrava fechada e aparentemente sem ninguém no local.

Assim, para o prosseguimento das investigações houve representação ao Poder Judiciário pela busca e apreensão no local do fato, a medida foi deferida e cumprida nesta data.

Durante o cumprimento do mandado de busca, os investigadores da Delegacia de Inhumas adentraram no local e constataram que a vítima estava encarcerada dentro de um dos quartos da residência, onde também havia um balde, que a vítima utilizava para fazer suas necessidades fisiológicas, já que não tinha acesso a um banheiro.

A autora foi então presa em flagrante pelo crime de cárcere privado.

Continue lendo

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

Publicidades

Posts recentes

Destaques