Conecte-se conosco

Itaberaí

Dois suspeitos a assalto a empresa são mortos após troca de tiros com a PM em Itaberaí; policiais também foram baleados

Publicado

em

Após tomar conhecimento de um roubo ocorrido em Itaberaí, onde dois indivíduos em uma motocicleta, portando arma de fogo tipo pistola, adentraram no estabelecimento e, com violência, subtraíram a quantia de R$ 23.000,00 (vinte três mil reais) em espécie, as equipes de CPE e 34° BPM realizaram diligências no sentido de localizar os autores.
Com informações compartilhadas entres as equipes CPE e 34° BPM chegaram a pessoa de ALAN BATISTA DOS SANTOS, (conhecido por envolvimento com facções criminosas) e LUCAS GABRIEL VAZ SILVESTRE.

Com essas informações as equipes deslocaram no endereço onde os mesmos estavam escondidos, sendo então feito o adentramento tático no interior da residência, porém os indivíduos evadiram pulando os muros.

Com isso, as equipes cercaram o quarteirão e iniciaram os adentramentos táticos nas residências vizinhas, e após informações recebidas dos moradores localizaram a casa onde estava escondidos, sendo que as equipes da CPE e 34° BPM, com o apoio do Sgt Marcos mesmo em horário de folga, fizeram o adentramento e foram recebidos com disparos de arma de fogo por dois criminosos, sendo que o Sgt Pinheiro foi atingido de raspão no braço e o Sgt Marcos atingido no Colete à prova de balas.

A injusta agressão foi revidada e os criminosos foram atingidos. Após a conferência visual notou-se que se tratavam de ALAN BATISTA DOS SANTOS e LUCAS GABRIEL VAZ SILVESTRE. A Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada para prestar socorro aos autores do roubo e, considerando que ainda tinham sinais vitais, os criminosos foram encaminhados ao Hospital Municipal de Itaberaí onde vieram a óbito.

Os policiais atingidos também foram socorridos e providenciado atendimento médico para os mesmos estando todos bem.
Com os criminosos foram localizadas *duas armas de fogo, quais sejam, uma Pistola, marca Taurus, modelo PT 938, cal. .380 ACP com a numeração suprimida e um carregador com seis munições intactas de mesmo calibre e um revólver sem marca/modelo aparente, cal. 38, com a numeração ilegível e seis munições no tambor, sendo três intactas e três deflagradas.

Ainda foram localizados com os criminosos a quantia de R$ 21.410,00 (vinte e um mil, quatrocentos e dez reais) em espécie, produto do roubo, duas pequenas porções e uma porção média de substância esverdeada semelhante à droga conhecida por “maconha”.

Fonte: 34ºBPM

Publicidades

Mais Lidas