Conecte-se conosco

Geral

Idosa morta pelo filho em Taguatinga é enterrada no DF; filho está preso

Publicado

em

Idosa morta pelo filho em Taguatinga é enterrada no DF — Foto: Afonso Ferreira/G1

Segundo a Polícia Civil, a idosa foi morta com golpes na cabeça, dentro de casa. O filho dela, Sidevan dos Santos Vasconcelos, de 37 anos, confessou o crime que foi registrado como feminicídio

De acordo com a Polícia Civil, depois de matar a mãe, ele pediu para que um primo avisasse o Instituto Médico Legal (IML).

“Liga pro IML que eu matei minha mãe.”

Até a publicação desta reportagem, Sidevan dos Santos Vasconcelos permanecia preso na carceragem do Departamento de Polícia Especializada (DPE). Parentes e vizinhos disseram que ele tem problemas psicológicos.

O crime

O crime foi registrado na 12ª de Polícia de Taguatinga, como feminicídio. Segundo a ocorrência, assassinato ocorreu na QNL 28, onde moravam mãe e filho.

De acordo com a Polícia Civil, militares faziam o patrulhamento na quadra quando foram avisados sobre o crime. Os policiais encontraram Sidevan caminhando próximo do local.

Os PMs disseram que, ao ser abordado, o suspeito não falava “coisa com coisa”. No entanto, Sidevan levou os militares até o enderenço onde vivia com a mãe, mas a idosa já estava morta.

Vítimas de feminicídio em 2019 no DF

G1 acompanha os casos de feminicídio registrados no DF desde o início do ano. Até a publicação desta reportagem, as seguintes mulheres foram vítimas do crime:

Publicidades

Mais Lidas