Conecte-se conosco

Esportes

Futebol de 5 do Brasil chega invicto a Lima

Avatar

Publicado

em

Arquivo/Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Naquela oportunidade os atletas brasileiros estrearam nos jogos já sob pressão. Após a derrota no Mundial de 2006, o Parapan de 2007 seria a única chance de classificação para os Jogos Paralímpicos de 2008. E o objetivo foi alcançado, com o triunfo de 1 a 0 na final sobre a Argentina. A partir daí uma vitória chamou a outra, o que levou à conquista de 24 títulos em sequência.

Após a primeira conquista, a equipe passou a lidar melhor com a pressão, como afirma Ricardinho, um dos veteranos do time: “Estamos acostumados a essa pressão, não só pelo histórico no Parapan, mas pelos títulos que o Brasil ganhou. Mas deixamos isso fora das quatro linhas. Sabemos que sempre temos que aumentar um pouco o nível. E nossa equipe sempre é a equipe a ser batida. Então temos que teressa consciência. Pois, se vacilar, complica”.

Experiência em campo

Para subir mais uma vez ao lugar mais alto do pódio, a equipe brasileira mistura o fôlego da juventude com a experiência de Ricardinho e Damião, que permanecem na equipe desde a estreia em 2007. Para Damião, essa integração possibilita a continuidade na qualidade do futebol: “Quando comecei não tinha essa base. É importante passar nossa experiência, pois em pouco tempo eles irão assumir a camisa da seleção principal. E esse Parapan já é uma porta de entrada para muitos que chegam agora”.

Regras diferentes

O futebol de 5 tem regras diferentes do futebol convencional. A modalidade é disputada por pessoas com deficiência visual, em partidas de dois tempos de 20 minutos nas quais não há cobranças de lateral ou escanteios. Os atletas usam vendas para que não haja vantagem dos que enxergam parcialmente em relação àqueles que nada veem.

As bolas possuem guizos que fazem um barulho para orientar os atletas em campo. Além disso, atrás de cada gol fica um membro da comissão técnica, atuando como guia ou chamador. A função dele é orientar os atletas apenas quando eles entram no campo de ataque. Por esta razão, no futebol de 5, o silêncio é a melhor forma de torcer. Fica a dica.

Fonte: Agência Brasil

--Publicidade--

Destaque

Aos 20 anos, peão de Inhumas, GO, é campeão do 27º Rodeio Internacional de Barretos, SP

Avatar

Publicado

em

Daniel Batista de Lima fez a melhor montaria do Rodeio Internacional de Barretos 2019 e levou caminhonete de R$ 265 mil — Foto: Érico Andrade / G1

Daniel Batista  – Foto: arquivo do Facebook

A prova começou a ser disputada na quinta-feira (22). O peão somou um total de 447 pontos nos quatro rounds. Como prêmio, o jovem de 20 anos faturou uma camionete avaliada em R$ 265 mil.

“Passa um filme pela cabeça da gente, é uma emoção muito grande. No ano passado eu vim, mas não estava confiando em mim mesmo. Esse ano quando eu vim, falei para mim mesmo que estava preparado. E agora eu sou campeão”, disse.

O segundo colocado, Sebastião Marcos Moreira, de Água Boa (MT), fez a montaria com a nota mais alta da noite, 94 pontos, a bordo do touro Vacinante, mas perdeu na somatória geral. De acordo com os jurados da competição, essa foi a terceira vez, em 64 anos de competição, que um peão recebeu uma nota tão alta.

Confira a lista dos finalistas da montaria em touros:

  • 1º – Daniel Batista de Lima, de Inhumas (GO): 447 pontos
  • 2º – Sebastião Marcos Moreira, de Água Boa (MT): 444,50 pontos
  • 3º – Wingson Henrique da Silva, de Naviraí (MS): 437 pontos
  • 4º – Pablo Rodrigues Gomes, de Mirassol (SP): 428 pontos
  • 5º – Sandro Batista da Silva, de Pedra Preta (MT): 356,75 pontos
Continue lendo

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

Publicidades

Posts recentes

Destaques