Conecte-se conosco

Geral

Ex-aluno invade escola com uma machadinha e ataca estudantes no RS

Avatar

Publicado

em

Um jovem de 17 anos feriu quatro estudantes com golpes de machadinha em um ataque a uma sala de aula do Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas (RS), cidade próxima a Porto Alegre. O agressor era ex-aluno da instituição e foi preso, segundo informações da Polícia Civil da cidade.

Segundo a polícia, o jovem foi ouvido pelos investigadores e confessou o crime. Promotores de Justiça do Ministério Público Estadual também acompanham a investigação.

O ex-aluno atacou quatro estudantes com idades entre 12 e 13 anos. Nenhum deles ficou ferido com gravidade. Dois sofreram cortes e dois apenas escoriações pelo corpo. A ação só não foi mais grave, porque um professor conseguiu tomar a machadinha das mãos do agressor, que fugiu, em seguida. O jovem estava com um líquido inflamável que tirou da mochila e tentou atear fogo em uma sala de aula do 7º ano do ensino fundamental. 

Duas alunas desmaiaram durante a ação e foram atendidas no Hospital Municipal de Charqueadas. Por meio de nota, o hospital informou que quatro meninas e dois meninos receberam atendimento na casa de saúde e esclareceu que “todos os estudantes apresentaram ferimentos superficiais e nenhum necessitou de realização de cirurgia”.

O governo do Rio Grande do Sul informou, em nota, que o Instituto Geral de Perícias periciou a sala onde ocorreu o ataque. “Embora as vítimas não tenham sido feridas com gravidade e estejam fora de perigo, o governo reforça extrema preocupação com o ocorrido e não medirá esforços para esclarecer os fatos e responsabilizar os culpados e acompanha com máxima atenção o fato criminoso ocorrido no início da tarde desta quarta-feira, no Instituto Estadual Educacional Assis Chateaubriand, no município de Charqueadas”, diz a nota.

O governo do Rio Grande do Sul informou que a escola atende cerca de 700 alunos dos ensinos fundamental, médio e técnico e funciona nos três turnos (manhã, tarde e noite). Devido ao ataque, o acesso à escola está bloqueado. A instituição informou que não haverá aula nesta quinta-feira (22) nos outros turnos. 

O governador Eduardo Leite, que estava em viagem ao Uruguai, foi imediatamente avisado. O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, o secretário da Educação, Faisal Karam, o comandante-geral da Brigada Militar, coronel Mario Ikeda, e o subchefe da Polícia Civil, delegado Fábio Motta Lopes, se deslocaram à cidade para acompanhar a apuração dos fatos e prestar o apoio necessário aos alunos, familiares e à comunidade escolar. 

A Secretaria da Saúde do Estado fez contato com Secretária da Saúde de Charqueadas colocando-se à disposição para auxiliar no que for necessário.

Fonte: Agência Brasil

Geral

Prefeitura de Itaberaí suspende auxílio do transporte universitário. ‘Nosso sonho de fazer faculdade acaba que vai por água abaixo’

Avatar

Publicado

em

A Prefeitura de Itaberaí publicou um decreto no qual suspende o benefício destinado à estudantes. O benefício era utilizado para universitários que residem em Itaberaí, mas que estudam em cidades vizinhas como: Inhumas e Goiânia.

O mesmo era concedido desde 2014, através de uma lei. O auxílio variava de R$ 75,00 a R$120,00, e para receber era necessário comprovar renda mínima de até 02 salários, além de colaborar em horas de trabalho voluntário ou doações de sangue.

Com a nova realidade da cidade, muita gente não poderá realizar o sonho de concluir o ensino superior.

De acordo com Gustavo Moreira: “ Nosso sonho de fazer faculdade, acaba que vai por água abaixo, sabendo que já temos que desembolsar nossa mensalidade que não é barata, e ainda pagar por completo o transporte, ai de repente o município, que já é de tradição ajudar, fala que não vai poder ajudar. O que vai acontecer? As pessoas vão ter que cancelar a faculdade”, afirma.

Entramos em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura, nos informando que a medida foi tomada de acordo com um ofício do Tribunal de Contas, no qual aponta que o município está com despesa total de pessoal acima do limite legal.

Esperamos um bom senso por parte de nossos administradores, com um olhar diferenciado para EDUCAÇÃO, que é parte primordial do desenvolvimento de nossa cidade, e que gastos com pessoal sejam entendidos como folha de pagamento e não como auxílio aos nossos universitários.

Fonte: Portal Itaberaí

Continue lendo

Estatísticas do Google Analytics

gerado por GADWP 

Publicidades

Posts recentes

Destaques