Últimas Notícias
Home / Destaque / MP e Polícia Civil fazem busca em escritório para apurar desvio de dinheiro de associação espírita em Inhumas

MP e Polícia Civil fazem busca em escritório para apurar desvio de dinheiro de associação espírita em Inhumas

Busca e apreensão em escritório

O Ministério Público do Estado de Goiás, com apoio da Polícia Civil, cumpriu, na manhã de hoje (5/6), mandado de busca e apreensão no escritório de contabilidade Elite Contabilidade, para apurar notícia de crime relatando indícios de desvio de dinheiro da Associação Espírita Casa do Caminho pelo seu ex-presidente.

De acordo com a 3ª Promotoria de Justiça de Inhumas, que está à frente das investigações, além de ter acumulado as funções de presidente e tesoureiro, o investigado também se negou a prestar contas regularmente ao conselho fiscal da referida associação.
Descobriu-se, ainda, que um cheque emitido pela Casa do Caminho, no valor R$ 35 mil, nominal ao investigado, foi depositado na conta dele. Assim, a pedido do Ministério Público, foi deferida busca e apreensão, que resultou na apreensão de vários documentos da associação espírita, os quais ainda estavam sob a posse do investigado, apesar de ele não exercer mais nenhuma função naquela entidade.

A Associação Espírita Casa do Caminho, entidade filantrópica sem fins lucrativos, atende, em média, mais de cem pessoas com transtornos mentais, desempenhando importante papel na comunidade inhumense, e é fiscalizada pela 3ª Promotoria de Justiça da comarca de Inhumas. (Cristiani Honório / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO – Fotos: arquivo da 3a Promotoria de Justiça de Inhumas)

Sobre Eduardo de Carvalho

Avatar
Eduardo de Carvalho é diretor geral do Portal da Época.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.