Últimas Notícias
Home / Destaque / Pai suspeito de esfaquear e estuprar filha corre atrás dela com facão, em Goiânia

Pai suspeito de esfaquear e estuprar filha corre atrás dela com facão, em Goiânia

Na foto, pai corre atrás da filha com facão. Foto – Reprodução de vídeo 

Imagens de câmeras de segurança mostram quando o pai de uma adolescente de 15 anos, suspeito de abusar dela sexualmente, sai correndo do carro atrás da menina com um facão, em Goiânia . A vítima corre até chegar à portaria do prédio vizinho, quando o homem consegue atingi-la. Segundo a Polícia Civil, a menina denunciou o pai no dia que foi agredida.

A agressão ocorreu no último dia 10 de maio. A delegada que investiga o caso, Ana Elisa Gomes, informou que a vítima sofreu o abuso e, por causa da investida, foi morar na casa de uma amiga, sem explicar o motivo para a mãe.

O homem, de 44 anos, foi encontrado porque usa tornozeleira eletrônica. Ele cumpre pena por receptação no regime semiaberto e foi preso no dia da agressão.

“Ele nega ter praticado os crimes, ele alega sequer ter ferido a vítima. Ele afirma que ela caiu e se machucou”, disse a delegada.

Conforme o depoimento da adolescente à Polícia Civil, ela foi esfaqueada ao ir visitar os irmãos. Como aparece no vídeo, ela saía de casa quando o pai chegou de carro, a viu e correu atrás dela com o facão.

Segundo a delegada, o pai deve ser indiciado pelo crime de lesão corporal e está sendo investigado pela denúncia de abuso. Com informações do G1 GO.

Sobre Eduardo de Carvalho

Avatar
Eduardo de Carvalho é jornalista (DRT 0003438/GO) e radialista (DRT0037011/GO). Diretor geral do Portal da Época; apresentador do Programa Show da Noite veiculado pela Rádio Educativa FM 87,9 de Inhumas - Goiás; Diretor geral da Rádio Milênio FM da Cidade de Caturaí - Goiás.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.