Últimas Notícias
Home / Destaque / Homem que cumpria semiaberto por estupro é preso novamente, suspeito do mesmo crime

Homem que cumpria semiaberto por estupro é preso novamente, suspeito do mesmo crime

Outras mulheres podem ter sido vítimas de Orival e a investigação, assim como uma foto dele, serão apresentada na segunda-feira (27)

Orival cumpria regime semiaberto por estupro. Ele também responde pelos crimes de roubo e assalto (Foto: Reprodução)

Na madrugada desta sexta-feira (24), a 1ª Delegacia Especializada no Atendimento às Mulheres (Deam) cumpriu o mandado de prisão preventiva de Orival Pereira da Silva, de 56 anos. Ele estava escondido em uma mata nas imediações do complexo prisional de Aparecida de Goiânia.

O homem cumpria regime semiaberto por estupro. Ele também responde pelos crimes de roubo e assalto. Orival teria amarrado uma sacola plástica em volta da tornozeleira eletrônica para impedir o rastreamento, Agora, ele foi preso novamente por estrupro, pois outra vítima abriu uma representação contra ele. Uma senhora teria sido estuprada por ele, na rua, no último final de semana.

Segundo informações da delegada Paula Meoti, titular da Deam, outras mulheres podem ter sido vítimas de Orival. Caso outras vítimas o reconheçam, podem procurar a Dean. Na segunda-feira (27) a delegacia vai apresentar maiores detalhes da investigação à imprensa.

A prisão foi feita pelo 30º Batalhão de Polícia Militar (BPM), com apoio do sistema de inteligência da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) e pela Central de Monitoramento. Com informações do Emais Goias

Sobre Eduardo de Carvalho

Avatar
Eduardo de Carvalho é diretor geral do Portal da Época.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.