Últimas Notícias
Home / Destaque / Filho é suspeito de agredir e matar a mãe, em Aparecida de Goiânia

Filho é suspeito de agredir e matar a mãe, em Aparecida de Goiânia

Grupo de Investigação de Homicídios de Aparecida de Goiânia — Foto: Renata Costa/TV Anhanguera

Um homem de 33 anos é suspeito de espancar e matar a mãe, de 54 anos, no Setor Independência Mansões, em Aparecida de Goiânia. As agressões teriam acontecido dentro de casa. A vítima chegou a ser socorrida e encaminhada a uma unidade de saúde, mas não resistiu. Ela apresentava vários hematomas pelo corpo.

A mulher morava com o filho na casa onde teriam ocorrido as agressões. Uma outra filha — que fez a denúncia à polícia — a visitou na segunda-feira (15), percebeu diversos hematomas e a levou ao Cais Colina Azul. Ao chegar em casa, passou mal novamente e acabou morrendo.

A Secretaria Municipal de Saúde de Aparecida de Goiânia disse em nota que a paciente passou por atendimento médico e exames no Cais Colina Azul na noite da última segunda-feira (15). Segundo a pasta, o relatório médico dizia que ela precisava ficar em observação enquanto aguardava os resultados dos exames solicitados para verificar a causa dos hematomas.

“Contudo, a paciente e sua acompanhante abandonaram a unidade, sem recebimento de alta”, afirma o texto.

O delegado Álvaro Melo Bueno disse estar solicitando mais dados para investigar o caso. “Ela tinha hematomas em várias partes do corpo, mas escondidas pela roupa, então outras pessoas não viam. Estamos pedindo laudos e buscando mais elementos para saber se essas agressões foram a causa do óbito. O filho é suspeito, mas ainda vamos interrogá-lo e buscar elementos para saber se ele, de fato, é o autor e definir se ele será preso.”

Fonte: G1 GO

Sobre Eduardo de Carvalho

Avatar
Eduardo de Carvalho é diretor geral do Portal da Época.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.