Home / Destaque / Polícia Civil de Goianira conclui investigação de autor de estelionato que possuía diversas identidades e CPFs, fraudava cartões de crédito e ostentava vida de luxo

Polícia Civil de Goianira conclui investigação de autor de estelionato que possuía diversas identidades e CPFs, fraudava cartões de crédito e ostentava vida de luxo

Nessa quinta-feira (07), a Delegacia de Polícia de Goianira concluiu inquérito policial e indiciou Roberto Luiz Ramos, 37 anos, pela prática dos crimes de estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos e particulares. Na mesma investigação foram indiciados sua esposa Andréa de Lima Batista Gomes, 36 anos, por participação nos crimes de estelionato e associação criminosa, e também o irmão dele Vanderlei Alves Ramos, 36 anos, por esse último crime.

A apuração iniciou-se no início do ano de 2017, após denúncia de uma Loja de cosméticos de Trindade/GO que vendeu produtos ao autor e sua esposa e teve prejuízo de mais de R$43 mil reais, pois os pagamentos foram realizados com cartões de crédito fraudados. No dia 07 de abril de 2017, Policiais Civis de Goianira realizaram operação no Residencial Planalto, onde apreenderam parte da mercadoria, documentos falsificados e máquinas e cartões de crédito.

Também foi representada pela prisão de Roberto Luiz Ramos, que não foi encontrado na época e estava foragido desde então. Aprofundando-se nas investigações, colheu-se provas de que o indiciado também falsificava documentos públicos e particulares para si e terceiros, fazia uso de três identidades civis e seis CPFs diferentes, teria praticado estelionato contra uma Distribuidora de produtos odontológicos, usando indevidamente dados pessoais de dentistas e estaria associado a outros indivíduos, inclusive sua esposa e irmão para a prática de crimes. Através das investigações, constatou-se que o indivíduo utilizava os cartões fraudados para ter uma vida de luxo e ostentação, frequentando restaurantes, viagens e eventos esportivos.

Na terça-feira (29) da semana passada, Policiais Civis da DEIC/GREF (Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes) lograram êxito em capturar em flagrante Roberto Luiz Ramos e Everson Iury Ferreira Sa Campos, de 27 anos, pela prática de estelionato e uso de documento falso. Na ocasião, foi dado cumprimento ao mandado de prisão preventiva da Comarca de Goianira.

Após sua prisão, Roberto foi interrogado na Delegacia de Polícia de Goianira, confessou a prática dos crimes, mas negou o envolvimento de sua esposa e seu irmão. Ele permanece recolhido no Presídio local

Sobre Direto da Redação

Veja Também

Homem é preso após abastecer seu veículo e evadir do estabelecimento comercial sem pagar pelo combustível, em Araçu

Espalhe por ai: Na tarde desta segunda-feira, 08/04/19, a equipe de serviço do 40° BPM ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.