Últimas Notícias
Home / Destaque / Suspeito de roubar carro e ostentar armas nas redes sociais é morto em confronto com a Polícia Militar, em Goianira

Suspeito de roubar carro e ostentar armas nas redes sociais é morto em confronto com a Polícia Militar, em Goianira

Segundo o registro da ocorrência, dono do veículo roubado reconheceu Ezequiel da Conceição como autor do crime. Mulher que estava no imóvel foi detida, mas liberada após prestar depoimento.

Ezequiel Henrique Oliveira da Conceição é morto dentro de casa em Goianira, Goiás — Foto: Divulgação/ Polícia Militar

Suspeito de roubar um carro e de ostentar nas redes sociais, Ezequiel Henrique Oliveira da Conceição, de 21 anos, foi morto na quinta-feira (10) durante uma ação policial em Goianira, na Região Metropolitana de Goiânia. Segundo a Polícia Militar, uma mulher que estava no local foi detida.

“Ele ostentava arma em fotos nas redes sociais, participava de facção criminosa. Era um indivíduo de alta periculosidade, suspeito de homicídios na região de aparecida”, disse o tenente da PM Antônio Cláudio, que atua na região.

De acordo com o registro da ocorrência, a corporação recebeu uma denúncia anônima de que um foragido do Sistema Prisional estava se escondendo em Goianira após o roubo de um carro em Aparecida de Goiânia, a 50 km de distância. Os policiais iniciaram as buscas na cidade e visualizaram, na garagem de uma residência do Setor Lago Azul, o GM Classic levado durante um assalto na última quarta-feira (9).

Os policiais relataram que, ao chegar ao imóvel, foram recebidos por uma mulher de 22 anos. Ela tentou fugir, mas foi detida. A equipe disse que, quando entrou na casa, foi recebida a tiros por Ezequiel e revidou. O rapaz morreu no local.

Conforme a Polícia Civil, o dono do carro roubado em Aparecida foi chamado e reconheceu Ezequiel como o autor do assalto. Ele já tinha passagens por outro roubo, associação criminosa, porte e posse ilegal de arma de fogo.

A mulher foi levada à Central de Flagrantes da Polícia Civil, mas foi liberada após prestar depoimento. Neste caso, ela foi considerada testemunha.

FONTE: G1 GO

Sobre Eduardo de Carvalho

Avatar
Eduardo de Carvalho é diretor geral do Portal da Época.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.