Home / Destaque / Déficit do Estado de Goiás chega a R$ 13,6 bilhões, diz Caiado

Déficit do Estado de Goiás chega a R$ 13,6 bilhões, diz Caiado

Revelação foi feita ao repórter do Jornal Diário da Manhã. Futuro governador diz que o cenário é de assustar, mas vai enfrentá-lo com coragem e responsabilidade para reequilibrar as contas públicas de Goiás

O governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), disse, em entrevista ao repórter Arthur da Paz, do Jornal Diário da Manhã, que vai receber o Estado com um rombo orçamentário de aproximadamente R$ 13,6 bilhões. O democrata afirma que há um colapso na área da saúde, com as OSs cobrando mais de R$ 280 milhões em repasses não realizados pelo governo, bolsas universitárias que não são pagas há mais de dez meses, além dos salários dos servidores em aberto, que em valores superam R$ 1,8 bilhão.

Ronaldo Caiado revelou, ainda, que foram cancelados, após as eleições de outubro, mais de R$ 870 milhões em empenhos, que ainda não se sabe, efetivamente, se são oriundos de despesas não liquidadas ou se há também empenhos de despesas já liquidadas, o que configuraria, nesse último caso, um calote no pagamento a fornecedores.

Segundo Caiado, o quadro atual das finanças públicas goiana não deixa dúvidas quanto ao cenário de gestão temerária que dominou Goiás nos últimos anos e que esteve voltada apenas para os interesses pessoais ou grupais.

“Vamos trabalhar duro, com afinco para colocar Goiás nos eixos e, concomitantemente, vamos chegar a fundo naquilo que, infelizmente, levou o Estado a essa situação de total quebradeira, ou seja, de uma gestão temerária”, afirmou.

Fonte: http://www.nosopinando.com.br/deficit-do-estado-de-goias-chega-r-136-bilhoes-diz-caiado/#.XCNxJIUlVC8.facebook

Sobre Direto da Redação

Veja Também

Dois presos são encontrados mortos no Presídio de Itaberaí

Espalhe por ai: Segundo Administração Penitenciária, caso foi registrado na Polícia Civil, que deve apurar ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.