Home / Destaque / Morando em São Paulo, Marconi será consultor da Companhia Siderúrgica Nacional

Morando em São Paulo, Marconi será consultor da Companhia Siderúrgica Nacional

Não há mais informações sobre o tipo de serviço que seria prestado pela empresa de Marconi e Valéria

Marconi Perillo (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Marconi Perillo (PSDB), o ex-governador de Goiás que em outubro foi preso em uma operação da Polícia Federal (PF) e do Ministério Público (MP), estaria morando em São Paulo e iniciaria um trabalho de prestação de serviços à Companhia de Siderúrgica Nacional (CSN). As informações são do Valor Econômico.

O antigo assessor de Perillo informou que ao Mais Goiás que ele teria, de fato, se mudado para a capital paulista, mas sem entrar em maiores detalhes. O advogado de Perillo, Antônio Carlos de Almeida, o Kakay, afirmou que ainda tem conhecimento sobre o assunto.

A assessoria de imprensa da CSN confirmou que Marconi não faz parte do quadro de funcionários e que foi firmado um contrato entre a Companhia e a empresa de consultoria dele. Segundo O Valor, essa é uma parceria com a esposa dele, Valéria, e chama MV Assessoria. Contudo, não há mais informações sobre o tipo de serviço que seria prestado. A CSN é da família Steinbruch.

O PSDB esteve no poder no Governo de Goiás durante quase vinte anos e Perillo não foi eleito para senador nas eleições de 2018. Ele ficou em quinto lugar no pleito. Nove dias antes da votação de primeiro turno, ele ficou detido por pouco mais de 24h na sede da Polícia Federal, em Goiânia. Jayme Rincón, então presidente licenciado da Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop), também foi alvo da operação deflagrada pelo MP e pela PF. Marconi foi solto graças a um habeas corpus do Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Fonte: https://www.emaisgoias.com.br/morando-em-sao-paulo-marconi-sera-consultor-da-companhia-de-siderurgica-nacional/

Sobre Direto da Redação

Veja Também

Inhumas – Operação “Route Malum” revela que vereador e ex, podem estar envolvidos em suposto favorecimento e fraude em licitações de transporte escolar

Espalhe por ai: A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da Delegacia de ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.