Home / Destaque / Casa de deputado goiano é alvo de mandado de busca e apreensão do MP

Casa de deputado goiano é alvo de mandado de busca e apreensão do MP

Buscas na residência de Daniel Messac foi deferida pelo desembargador João Waldeck de Sousa, do TJGO. Também estão sendo cumpridos dois mandados de prisão e outros dois de busca e apreensão

Foto: Denise Xavier/ Alego

A Polícia Civil, com apoio do Centro de Inteligência do Ministério Público de Goiás (MP-GO), cumpre, na manhã desta quinta-feira (08), dois mandados de prisão preventiva e três de busca e apreensão em decorrência das investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

Estão sendo presos preventivamente um ex-policial federal, que teve a perda do cargo decretada em abril de 2018, e um pastor de Igreja Evangélica, ambos envolvidos no embaraço à investigação de organização criminosa, por coagirem uma testemunha da Operação Poltergeist, ocorrida em 2014, que apurou a contratação de “funcionários fantasmas” na Assembleia Legislativa de Goiás, e que, segundo o MP-GO, ainda será inquirida na ação penal dela decorrente.

Um dos mandados está sendo cumprido na residência do deputado estadual Daniel Messac (PTB), denunciado naquela operação como chefe do esquema criminoso. A decisão determinando as prisões e as buscas foi deferida pelo desembargador João Waldeck de Sousa, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), tendo em vista que o parlamentar possui foro por prerrogativa de função.

Os presos serão ouvidos ainda hoje pelo Gaeco e encaminhados à Casa de Prisão Provisória (CPP) de Aparecida de Goiânia.

Fonte:https://www.emaisgoias.com.br/casa-de-deputado-goiano-e-alvo-de-mandado-de-busca-e-apreensao-do-mp/

Sobre Direto da Redação

Veja Também

Presos torcedores suspeitos de perseguir, espancar e matar rival esmeraldino na Av. Perimetral

Espalhe por ai: Membros do Esquadrão Vilanovense seguiram um grupo de torcedores do Goiás e ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.