Home / Destaque / Mulher encontrada morta em Goianira foi vítima de estrangulamento, diz IML

Mulher encontrada morta em Goianira foi vítima de estrangulamento, diz IML

Principal suspeito é o ex-namorado da vítima, preso por descumprimento de medidas protetivas. Mulher foi encontrada morta nesta segunda-feira (15)

Ednéia Cordeiro Vieira, de 35 anos. (Foto: Reprodução/Facebook)

Ednéia Cordeiro Vieira, 35, que foi encontrada morta no município de Goianira foi vítima de estrangulamento. A constatação foi feita, nesta terça-feira (16), pelo Instituto Médico Legal (IML).

A mulher foi encontrada morta nesta segunda-feira (15), em sua casa, no Residencial Planalto, após vizinhos não a terem visto há pelo menos quatro dias e serem alertados pelo mau cheiro. De acordo com laudo do IML, a vítima teve o pescoço fraturado. O principal suspeito do crime é Junior Vieira de Souza, de 33 anos, ex-namorado de Ednéia.

Segundo informações da Polícia Civil, Júnior foi preso horas depois da descoberta do corpo, por descumprimento de medidas protetivas e será investigado por feminicídio. Ele foi encontrado na vizinhança, desobedecendo a ordem judicial de afastamento. O homem foi interrogado e negou quaisquer crimes.

A Polícia Civil de Goianira informou que as investigações do homicídio – com indícios de feminicídio – ainda estão em fase inicial e que se manifestará novamente apenas na conclusão do inquérito policial.

Entenda o caso

Em julho, a Ednéia registrou denuncia de injúria em desfavor do homem. Segundo Bruno Silva, delegado responsável pelo caso, ela não representou criminalmente, mas pediu medidas protetivas. A Justiça, então, determinou uma medida protetiva: o homem deveria manter uma distância mínima de 100 metros dela e de testemunhas do fato.

No dia 9 de outubro, Ednéia procurou a polícia para informar a reaproximação do ex. “Ele havia se mudado para uma das casas da vizinhança e voltado a procurá-la numa tentativa de reatar o relacionamento. Na ocasião, foi expedido um mandado de prisão por descumprimento de medida protetiva, mas o homem não foi localizado”, explicou Bruno.

Segundo o delegado, após encontrar o corpo de Ednéia, a polícia começou diligências com o intuito de encontrar o homem que, de acordo com um dos vizinhos, estava morando na vizinhança. O homem foi encontrado em sua casa, localizada ao lado do local onde a vítima foi encontrada, comprovando o descumprimento da decisão judicial.

Sobre Direto da Redação

Veja Também

Presos torcedores suspeitos de perseguir, espancar e matar rival esmeraldino na Av. Perimetral

Espalhe por ai: Membros do Esquadrão Vilanovense seguiram um grupo de torcedores do Goiás e ...

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.